Jesuseapalavra.com
" Ide por todo o mundo
e pregai o evangelho."
                 Marcos 16:15
Copyright©Todos os Direitos Reservados 2007-2017 Jesuseapalavra.com
Artigos
Postado em 22/Junho de 2017
Uma equipe de pesquisadores de várias instituições do Japão e Alemanha encontrou evidências de que o manto da Terra tem tanta água quanto os oceanos da superfície. Os pesquisadores realizaram testes de laboratório para acabar de vez com o debate entre os que acreditam que há enorme quantidade de água ali e os que defendem que o manto é livre de água. Em um artigo publicado no site Science Advances, o grupo aponta que a parte superficial e a mais profunda do manto são livres de água, mas que seu centro pode conter quantidades massivas do líquido. Essa camada fica a cerca de 500 km de profundidade a partir da superfície do manto. A principal evidência de que essa parte do manto pode conter grandes quantidades de água é que ela é composta pelos minerais wadsleyvite e ringwoodita, conhecidos por segurar bastante água. Os pesquisadores criaram rinwoodita sintética para representar a parte central do manto e bridgemanita (MgSiO3) para representar a parte inferior da camada. Eles então analisaram a viscosidade e adicionaram água à ringwoodita. O resultado observado foi que fazer isso reduz a viscosidade e que as medições bateram com as realizadas no manto de verdade.
Ao ajustar a quantidade de água adicionada ao manto sintético e calcular as mudanças na viscosidade, eles conseguiram estimar a acumulação de água nos minerais do manto. Essa informação foi usada para calcular quanta água está na região central do manto. O artigo diz que essa quantidade é semelhante à dos oceanos da superfície da Terra.

(Hypescience)

Nota: Trata-se de mais uma confirmação de que as “fontes do abismo” (conforme relata o livro do Gênesis) contêm água suficiente para cobrir toda a superfície da Terra, como seria o caso em um dilúvio global, bastando, para isso, que algo ou alguém as fizesse irromper na superfície. Outras pesquisas concluíram que há mais água no interior da Terra do que nos oceanos atuais. Some-se a isso a água doce congelada nas calotas polares e se pode ter uma ideia da quantidade de água disponíveis em nosso planeta. [MB]
Mais uma confirmação de que as “fontes do abismo” existem
Marcos 16:15