" Ide por todo o mundo e pregai o evangelho
          Marcos 16:15
Jesuseapalavra.com
Copyright©Todos os Direitos Reservados 2007-2018 Jesuseapalavra.com
Marcos 16:15
Revistas
Câncer de Colo do Últero
    A infecções pelo HPV (papiloma vírus humano) é a princípal causa do câncer de colo do útero (99% dos casos). Existem mais de 100 subtipos desse vírus.O HPV de baixo risco pode causar verrugas,e o HPV de baixo risco pode causar verrugas,e o HPV de alto risco pode levar ao câncer de colo do útero,vulva,vagina e ânus em mulheres.Em homens,ele pode levar ao câncer de pênis.
    Meninas que inicial a atividade sexual mais cedo estarão muito mais propensas ao contato com o vírus.Mulheres que tiveram muitos parceiros sexuais ou uma mulher que tenha tido sexo com um homem que teve muitas parceiras sexuais são mais sujeitas a desenvolver a doença.
    O fumo,o uso de anticoncepcionais hormonais,bem como ter muitos filhos (5 ou mais),também são fatores de risco para que ocorra o câncer de colo uterino.
    O HPV permanece por muitos anos na pessoa infectada e passa para outra através do contato sexual sem que ela saiba que é portadora.Não existe cura para o HPV,mas existe o controle,dependendo das defesas orgânicas da pessoa infectada por ele,e isso envolve um estilo de vida adequado.
Sintomas do câncer de colo de útero
    As infecções causadas pelo HPV geralmente não causam sintomas.
    O câncer de colo não apresenta sintomas no início.Quando o câncer cresce,a mulher pode notar um ou mais destes sintomas:sangramento vaginal anormal,dor durante as relações sexuais,corrimento de odor desagradável e dor no baixo ventre.
    Esses sintomas não devem ser valorizados isoladamente para indicar a presença do câncer,pois outros problemas de saúde também podem apresentar os mesmos sintomas sem que sejam o câncer.O idela,em casos assim,é procurar o médico para esclarecer e diagnosticar o problema adequadamente.
Meios para a prevenção do câncer de colo do útero
    Uma das formas mais eficientes é através do exame preventivo de Papanicolau,feito pela coleta de secreção vaginal para avaliação citológica.Deverá ser feito uma vez por ano,ou em intervalos mais curtos ou maiores,dependendo do resultado do exame preventivo anterior (conforme recomenda o protocolo do Ministério da Saúde).O exame é feito em todas as mulheres que já experimentam relações sexuais (mesmo nas que estão sexualmente inativas).
    Exames de colposcopia (exame que permite visualizar diretamente o colo do útero para avaliar se existem lesões conhecidas como "mancas")e a biópsia são também recomendados quando a citologia apresentar alterações,formando assim o tripé clásico de rastreamento da doença.
    O comportamento sexual e o estilo de vida são fatores importantes na história e na evolução do câncedr de colo do útero.É comum as mulheres acharem que não são vulneráveis a esse tipo de doença,assim como não darem atenção às medidas preventivas recomendadas,quando se julgam saudáveis e têm um "parceiro" fixo em quem confiam,ou até mesmo por não apresentarem nenhuma queixa que os incomode.Assim,o melhor é prevenir do que correr atrás do prejuízo.


    Dra. Raimunda Feitosa de Lima Guedes,ginecologista e obstetra.draimundaguedes@yahoo.com.br
Eu,mulher