" Ide por todo o mundo e pregai o evangelho
          Marcos 16:15
Jesuseapalavra.com
Copyright©Todos os Direitos Reservados 2007-2018 Jesuseapalavra.com
Marcos 16:15
Revistas
Depressão
O que é depressão?
    A depressão é um transtorno mental do humor.Dizer o que é depressão é difícil.É mais fácil dizer o que ela não é:Depressão não é loucura,não é falta de força de vontade,não é um problema de caráter,não é preguiça,não é manipulação das outras pessoas.Estima-se que hoje 30 a 50% dos pacientes deprimidos não consigam se recuperar totalmente.
    Não se pode confundir a depressão com os estados normais de tristeza.Se a pessoa está abalada pela perda de um ente querido,então seu estado de humor não tem nada de errado,pois existe uma causa conhecida,e esse estado tende a passar com o tempo.
    Já a depressão é uma doença como outra qualquer e exige tratamento adequado.Da mesma forma que uma doença atinge um orgão de nosso corpo,a depressão atinge o cérebro,e é necessário procurar o devido tratamento,assim como é feito com qualquer outra doença.
    É importante resaltar que o tratamento não deve ser dirigido só à pessoa que está com depressão.É recomendado também às pessoas que convivem com essa pessoa doente,pois é preciso concientizá-las de que o paciente não está doente por que ele quer.
    Ele necessita da ajuda profissional,deve tomar remédios e fazer terapias com psicólogos para obter melhora.
    A pessoa deprimida não está no seu estado normal,pois a depressão distorce a realidade.Para o deprimido,tudo vai dar errado,tudo está ruim.E quando a pessoa sai da crise e percebe o que fez com as pessoas ao seu redor,fica bastante envergonhada.
    Físicamente,a depressão é causada por uma falha nos neurotransmissores,que são os agentes químicos destinados a levar a informação de um neurônio para outro.Os neurônios,ao contrário do que se imagina,não estão unidos uns aos outros como as demais células do corpo.Há um espaço entre eles que precisa ser preenchido por substâncias que tenham a capacidade de transmitir a informação para que essa informação chegue até o próximo neurônio,e assim fazer contato com o cérebro.Quando os neurotransmissores são insuficientes ou não estão funcinando bem,a informação chega distorcida ao cérebro,e a pessoa não consegue perceber a realidade como ela de fato é.
Quais os sintomas?
    * Perda de energia?
    * Humor deprimido.
    * Dificuldade de concentração.
    * Alteração do apetite e do sono.
    * Lentificação das atividades físicas e mentais.
    * Sentimentos de pesar ou fracasso.
    * Pessimismo.
    * Dificuldade de tomar decisões.
    * Dificuldade para começar a fazer suas tarefas.
    * Irritabilidade ou impaciência.
    * Inquietação.
    * Achar que não vale a pena viver.
    * Desejo de morrer.
    * Chorar à toa.
    * Sensação de que nunca vai melhorar.
    * Dificuldade de terminas as coisas que começou.
    * Sentimentos de pena de si mesmo.
    * Persistência de pensamentos negativos.
    * Queixas frequentes.
    * Sentimentos de culpa injustificáveis.
    * Boca ressecada.
    * Constipação.
    * Perdad e peso e do apetite.
    * Insônia.
    * Perda do desejo sexual.
Como prevenir
    * Manter uma qualidade de vida saudável.Comer frutas,legumes e verduras,especialmente alface que é rico em lactucina,uma substância calmante natural para o organismo.
    * Fazer exercícios diários ou caminhar em ambientes abertos pelo menos uma vez por semana.
    *Dormir no mínimo oito horas por dia.
    * Aprencer a conviver com os conflitos do dia a dia.
    * Saber gerenciar as crises que podem acontecer não perder o equilíbrio.
    * A pessoa deve evitar ficar sozinha e procurar sair com os amigos.Essa é uma forma de não se isolar do mundo.Deve compartilhar com eles os seus sentimentos,desafios e expectativas.
    * Investir no que gosta de fazer:pintar,costurar,pescar.
    * Não fumar,pois a nicotina promove mudança de humor.Isto pode gerar ansiedade e,futuramente,a depressão.
    * Beber muita água.


    Jeanne Vasconcelos,fisioterapeuta
Eu,mulher