Jesuseapalavra.com
" Ide por todo o mundo
e pregai o evangelho."
                 Marcos 16:15
Copyright©Todos os Direitos Reservados 2007-2017 Jesuseapalavra.com
Revistas 
Princípios Básicos para uma Vida com Qualidade
Introdução
Segudno a CIA World Factbook e o relatório de Perspectivas da População Mundial das Nações Unidas (ONU), a expectativa de vida no mundo para ambos os sexos,entre os anos de 2005 e 2010,seria de 6/2 anos,sendo 69,5 para as mulheres e 65,0 para os homens.O Brasil se encontra em 92° lugar no ranking mundial de expectativas de vida,com a idade média de sua população de 72,4 anos.
A boa notícia é que a longevidade no Brasil vem aumentando.De acordo com o IBGE(Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística),os brasileiros nascidos em 2012 já nasceram com a esperança de viverem 79 anos e 29 dias,dois anos a mais do que se esperava para o intervalo entre 2005 e 2010.Diante dessas estatísticas,surge a pergunta:Podemos influenciar,como indivídos,nossa quantidade de tempo de vida?
Para muitas pessoas,a longevidade depende,em grande parte,de fatores que não podemos controlar,como a genética.Elas acreditam que,caso tenham tido bisavós e avós que viveram muitos anos,a tendência é que também vivam.É verdade que um dos fatores que contribuem para a longevidade seja a genética.No entanto,este não é o unico fator e nem o principal.
De acordo com a Universidade de Stanford,nos Estados Unidos,53% da nossa longevidade depende do ambiente em que vivemos e 10%,de outras doenças não relacionadas.
Perceba que o fator mais preponderante para o aumento da expectativa de vida não diz respeito às situações incontroláveis,mas à maneira como cuidamos da nossa própria saúde.Por isso,cada pessoa é reponsÌvel pela sua qualidade de vida e manutenção dela.Agora,como é possível termos longevidade?Alguns fatores devem ser considerados.É sobre isso que trataremos a seguir.
É  POSSÍVEL CHEGAR AOS 100 ANOS?
Todos nós desejamos viver mais e com mais qualidade de vida.Algumas pesquisas vêm dando evidências de fatores que contribuem para o aumento da expectativa de vida de homens e mulheres.Conheça alguns deles a seguir:
Otimismo e atitudes positivas - Um estudo realizado pela Universidade de Illinois,nos Estados Unidos,confirmouq eu o bom humor previne o enfraquecimento do sistema imunológico.Além disso,uma pesquisa feita pela Universidade College of London concluiu que pessoas que possuem atitudes mais positivas diante da vida possuem 35% menos chances de morte prematura do que pessoas mais negativas.
Filantropia e trabalhos voluntários - Uma pesquisa realizada pela Universidade de Michigan e publicada no periódico da American psychological Association confirmou que pessoas que realizam mais trabalhos voluntários vivem mais do que aquelas que não se envolvem em atividades de ajuda a outras pessoas.
Exercícios físicos - Uma equipe de pesquisadores de um hospital em Boston,nos Estados Unidos,acompanhou 2.300 homens durante 25 anos a fim de estudar fatores que colaboravam com o aumento da expectativa de vida do ser humano.De acordo com a pesquisa,pessoas que fazem exercícios físicos regularmente possuem 20% a 30% mais chancess de passar dos 90 anos comparados àqueles que não se exercitam.
Alimentação equilibrada - Dentre os 10 países onde há mais pessoas centenárias (que passaram dos 100 anos de idade),cinco delas apresentam a dieta equilibrada como um motivo para a longevidade de grande parte da população.A dieta vegetariana tem sido relacionada com a longevidade humana.
Vida ativa - Muitas pessoas se aposentam e se tornam inativas.No entanto,um estudo da Universidade de Maryland,nos Estados Unidos,mostrou que os aposentado que continuaram engajados em alguma atividade tinham uma saude melhor em comparação com aqueles que pararam de trabalhar e permaneceram sem nenhuma atividade.
Horas de sono apropriadas - Dormir bem é um dos fatores relacionados à longevidade.Segundo o Departamento de Epidermiologia e Saúde Pública da Universidade College of London,no Reino Unido,dormir muito mais ou muito menos do que a média de sete horas por noite ocasiona problemas de saúde em longo prazo,inclusive o envelhecimento precoce do cérebro de quatro a sete anos,além de colaborar para o declínio cognitivo na terceira idade e para o desenvolvimento de placas amilóides que são indicadores da doença de Alzheimer.
Fé e religião prática -  A Universidade de Duke,na Carolina do Norte,nos Estados Unidos,estudou um grupod e pessoas que praticavam suas religiões e tinham fé.A pesquisa mostrou que essas pessoas tinham o funcionamento de seu sistema imunológico melhorado.
POR QUE OS ADVENTISTAS VIVEM MAIS?
Tanto a mídia como as pesquisas científicas buscam uma resposta para esta pergunta.A revista National Geographic,que tem 10 milhões de cópias com 18 edições mensais em diferentes línguas,pesquisou e publicou matérias a respeito do estilo de vida dos adventistas.Em novembro de 2005,em sua matéria de capa " Os segredos da vida longa", afirma que "uma existência longa e saudável não acontece por acaso". No mês de novembro de 2008,outro artigo da referida revista,intitulado "A ciência da longevidade:como viver muito e bem", tenta revelar a fonte da juventude dos membros da Igreja Adventista do Sétimo Dia.
A Newsweek,outra respeitada revista internacional,publicou em abril de 2011,o resumod e uma importante pesquisa científica sobre longevidade.Como o título "Como viver para sempre", a reportagem afirma:"Extraído da ciência,aqui está o que leva a prolongar seus dias". Relacionando 16 princípios responsáveis pela longevidade,a publicação recomenda,em segundo lugar: "Seja um adventista do sétimo dai".O primeiro princípio exige ser do sexo feminino.A revista chama a atenção para o que a ciência descobriu e que pode ser fator de longa e saudável: "Ser um adventista é simples.Viver com saude e prolongar os dias de vida é algo que todos podem experimentar. Você também pode viver até 10 anos a mais que a estimativa,e com qualidade.
Em Loma Linda,Califórnia,foi estudado um grupo de adventistas que permanecem entre os campões de longevidade na América do Norte.A pesquisa cita o exemplo da adventista Marge Jetton que,ao completar 100 anos,renovou sua carteira de motorista por mais meia década.Ela declara que a sua fé a mantém viva. "Ela e outros adventistas do sétimo dia - que evitam lanches rápidos e cafeína-", diz o estudo,"vivem de quatro a dez anos mais que o californiano típico". "
Precisamos de alguém para nos guiar nesta vida,e precisamos de esperança", diz Marge à reportagem da National Geograpic. A entrevistada tem fé e esperança,e pesquisadores admitem que esses são os ingredientes importantes da recita para uma vida extensa e feliz.
Os adventistas são orientado a não consumir alimentos gordurosos,bebidas com cafeína e condimentos e temperos considerados "estimulantes". O que motiva os membros a não fumar,não consumir álocool e evitar alimentos que a Bíblia considera impuros,tais como a carne de porco,é a qualidade de vida.Além disso,os adventista dão importância aos exercícios físicos,à vida em comunidade,aos trabalhos voluntários,e ao contato com a terra através da jardinagem,sendo incentivados a ter suas próprias hortas,sem agrotóxicos,beneficiando a saude física e mental.
A Igreja Adventista do Sétimo Dia surgiu na época das reformas na saude no século 19 e,a partir daí,sempre pregou sobre saúde,tendo a Bíblia como norma e fonte teológica: " Se ouvires atento a voz do Senhor,teu Deus,e fizeres o que é reto diante dos Seus olhos,e deres ouvido aos Seus mandamentos,e guardares todoso os Seu estatutos,nenhuma enfermidade virá sobre ti...pois Eu sou o Senhor,que te cura" (Êxodo 15:26). " O temor do Senhor prolonga os dias da vida" (Provérbios 10:27).Lembre-se de que um dos mandamentos escritos por Deus é uma promessa de vida longa: " Respeite o seu pai e sua mãe,para que você viva muito tempo" (Êxodo 20:12).Amar a Deus e ao próximo colabora,e muito,para a felicidade.Ter bons relacionamentos faz bem,produz cura e traz vida! (Colossenses 3:13-15).
Desde 2002,acerca de 85 mil adventistas do Canadá e Estados Unidos vêm respondendo periodicamente aos questionários sobre hábitos de vida.a pesquisa tem o aval dos Institutos Nacionais de Saúde dos Estados Unidos,que financiaram um estudo com 34 mil adventistas entre 1976 e 1988.Sabe por que os adventistas se preocupam tanto com a saúde?Porque este,na verdade,é o sonho de deus para nós.Ele nos criou e deseja que tenhamos uma vida plena,tanto em quantidade como em qualidade.
O estilo de vida saudável e o uso dos oito remédios naturais (água,ar puro,exercícios,luz solar,descanso,temperança,nutrição e confiança em Deus)são resultados de uma vida ligada à Fonte,Os adventistas vivem esse princípio,reconhecendo que o corpo é morada de Deus e por isso devem zelar por ele.A escolha de um estilo de vida saudável não tem como objetivo apenas viver mais,mas honrar ao nosso Criador,que nos deu de presente o corpo,a vida e os recursos para que possamos mantê-la com saúde.Quer viver melhor e de forma mais feliz?Então,venha descobrir através destes estudos o segredo para uma vida mais leve!
VOCÊ E O CRIADOR
Quem não deseja viver muitos anos?Parece que quando estamos aprendendo a viver,o fim da vida se inicia.Certa vez alguém disse que deveríamos viver duas vezes:uma para ensaiar a vida e outra para viver de fato!É verdade.A vida é curta para tantas coisas que poderíamos fazer.No entanto,a Bíblia nos revela princípios de saúde,de comportamentos e de hábitos que,uma vez seguidos,colaboram para que tenhamos maior qualidade e tempo de vida.Caba a cada pessoa decidir de que forma cuidará do próprio corpo.A sugestão de Deus é esta: "Escolhe,pois,a vida,para que vivas,tu e a tua descendência,amando o Senhor,teu Deus,dando ouvidos à Sua voz e apegando-te a Ele;pois disto depende a tua vida e a tua longevidade" (Deuteronômio 30:19,20).

Fique Leve
Marcos 16:15