" Ide por todo o mundo e pregai o evangelho
          Marcos 16:15
Jesuseapalavra.com
Copyright©Todos os Direitos Reservados 2007-2018 Jesuseapalavra.com
Marcos 16:15
13 de Maio Domingo
Palavras

Minha boca fala a verdade, pois a maldade causa repulsa aos meus lábios. Todas as minhas palavras são justas; nenhuma delas é distorcida ou perversa. Provérbios 8:7, 8

Você já ouviu falar da flor Taraxacum officinale? Talvez você a conheça pelo nome popular: dente-de-leão. Uma das características mais conhecidas dessa flor é a beleza de suas pequenas pétalas que se espalham pelo ar sob a ação do vento. Elas são brancas, bem leves e, uma vez espalhadas, dificilmente conseguiríamos recolhê-las novamente.
Assim também são as palavras que falamos. Depois que elas saem da boca, não conseguimos mais recolhê-las e, muito menos, evitar os efeitos sobre quem as escutou. O provérbio de hoje trata desse tema. As palavras da sabedoria são um exemplo para as nossas. Elas são justas, retas e bondosas. Se as pessoas seguissem esse exemplo, muitas mágoas poderiam ser evitadas.
Palavras justas são aquelas que estão cheias da justiça divina, ou seja, permeadas pelo que Cristo ensinou. O ideal é que a cada vez que fôssemos falar algo, medíssemos as palavras pelas Escrituras Sagradas; assim, falaríamos apenas com justiça e evitaríamos ofender pessoas.
As palavras se tornam retas quando nelas não há distorção da verdade. Vivemos em uma sociedade em que a mentira é usada como recurso para o ganho. O político mente para ganhar a eleição, o jovem coloca uma mentira nas redes sociais para receber mais likes, o estudante mente para tirar uma nota maior. A sabedoria divina nos ensina que, custe o que custar, devemos usar sempre a verdade.
As palavras também precisam ser bondosas. Algumas pessoas, em nome da sinceridade, são cruéis com o próximo. Falar a verdade é necessário, mas isso não nos autoriza a usar a língua para maltratar os outros. Jesus falava verdades duras para as pessoas, mas sempre colocava amor em Suas palavras. Devemos falar a verdade sempre, mas recheada e embalada pelo amor divino.
O apóstolo Paulo deu um conselho a um jovem ministro sobre como deveria cuidar das palavras: “Timóteo, guarde o que lhe foi confiado. Evite as conversas inúteis e profanas e as ideias contraditórias do que é falsamente chamado conhecimento; professando-o, alguns desviaram-se da fé. A graça seja com vocês” (1 Timóteo 6:20, 21).
O vento levará nossas palavras para lugares que nem imaginamos; portanto, cuide para que sejam justas, retas e bondosas. Para acertar sempre, imite as palavras de Jesus.
Inpiração Juvenil