" Ide por todo o mundo e pregai o evangelho
          Marcos 16:15
Jesuseapalavra.com
Copyright©Todos os Direitos Reservados 2007-2018 Jesuseapalavra.com
Marcos 16:15
13 de Setembro Quinta-feira
Ira santa

Quem é irritadiço faz tolices,e o homem cheio de astúcia é odiado. Provérbios 14:7

Você já leu o texto bíblico que diz:"Irai-vos,e não pequeis;não se ponha o sol sobre a vossa ira" (Efésios 4:26,ARA)?A que tipo de ira esse texto se refere?
Nessa passagem,o apóstolo Paulo faz uma citação do Salmo 4:4,que diz:"Irai-vos e não pequeis,consultai no travesseiro o coração e sossegai."Quando juntamos os dois versículos bíblicos podemos concluir inicialmente que a ira a que eles se referem não é uma ação violenta contra outra pessoa.O salmista recomenda que a pessoa irada deve consultar sozinha o próprio coração enquanto deita para dormir e,assim,sossegar.
A ira à qual esses textos aludem está mais relacionada ao coração do que às ações.Por isso,não tem nada a ver com a violência física,emocional ou qualquer tipo de ofensa contra outra pessoa.
O Comentário Bíblico Adventista do Sétimo Dia nos ajuda a compreender o sentido real desses textos."Várias sugestões têm sido dadas na tentativa de evitar a implicação de uma ordem para se irar,mas nenhuma delas é satisfatória.A solução mais simples parece ser a de considerar a ira nesta passagem como uma justa indignação.Um cristão que não se indigna contra as injustiças e a iniquidade pode ser também incesível a alumas situações que deveriam preocupá-lo. [...] Jesus não ficou irado por qualquer afronta pessoa,mas pelos desafios hipócritas a Deus e pelas injustiças cometidas contra os seres humanos (ver Marcos 3:5).A ira é justificável quando se dirige contra a conduta errada,porém sem animosidade contra o malfeitor.Ser capaz de separar esses dois elementos é uma conquista cristã" (Vol. 6, p. 1.140).
Nessa perspectiva,é possível se irar (indignar) contra a corrupção do governo,contra uma injustiça qualquer,contra uma situação de humilhação na rua,mas sem pecar.O pecado ocorre quando essa ira se apresenta de forma ofensiva contra os outros.
A Bíblia não está recomendando que sejamos passivos diante do erro.A ideia é que devemos combater o ato errado sem agredir,de alguma forma,a pessoa que errou.Jesus é o grande exemplo disso.Ele odeia o pecado,mas ama o pecador.
Se,por algum motivo,o sentimento de ira paarecer em seu coração,submeta-o a Deus.Peça ao Senhor que seus motivos de ira sejam semelhantes aos Dele.Nunca aja com violência contra ninguém e jamais considere o pecado e a injustiça como algo normal.Agindo assim,até sua ira será santa.
Inpiração Juvenil