" Ide por todo o mundo e pregai o evangelho
          Marcos 16:15
Jesuseapalavra.com
Copyright©Todos os Direitos Reservados 2007-2018 Jesuseapalavra.com
Marcos 16:15
02 de Julho Segunda-feira
Apenas um peso

O Senhor repudia balanças desonestas, mas os pesos exatos lhe dão prazer. Provérbios 11:1

Um experimento social foi feito nos Estados Unidos e repetido no Brasil. Uma mesa foi colocada na calçada de uma rua no centro de uma grande cidade e, sobre ela, vários relógios. Sobre a mesa, estava uma caixa de acrílico com o valor dos relógios. Nos EUA, custava dez dólares e, no Brasil, 20 reais. A pessoa deveria escolher o relógio que mais lhe agradasse, colocar o dinheiro na caixa e levar o que comprasse para casa.
Nos Estados Unidos todos os relógios foram levados, e o dinheiro de cada um deles, deixado na caixa. Para nossa tristeza, no Brasil, o experimento teve que ser interrompido porque cinco pessoas roubaram relógios, e o sexto indivíduo roubou os relógios e a caixa de acrílico com o pouco dinheiro de algumas pessoas honestas que pagaram para levar o objeto.
Deus odeia o engano e ama os acordos justos. Essa é a ideia central do provér­bio de hoje. Nos tempos bíblicos, as pessoas usavam, em geral, pedras como padrão de peso para vender e comprar grãos e outros produtos. Alguns indivíduos usavam pedras diferentes para vender e comprar coisas. Ao vender, colocavam as pedras mais pesadas e, ao comprar, as mais leves. Tudo com a intenção de levar vantagem na hora da negociação. O problema era tão sério que Deus, por meio de Moisés, teve que ser muito claro: “Não tenham na bolsa dois padrões para o mesmo peso, um maior e outro menor. Não tenham em casa dois padrões para a mesma medida, um maior e outro menor” (Deuteronômio 25:13, 14).
Usando como exemplo essas balanças antigas, na passagem de hoje, o Senhor nos adverte contra a desonestidade. Isso não deve fazer parte da vida de um verdadeiro membro do reino de Deus. Infelizmente, alguns que se dizem cristãos usam de meios ilícitos para levar vantagem na vida.
O ato de roubar é muito mais amplo do que podemos imaginar. Não se rouba apenas quando colocamos pesos diferentes na balança ou tomamos à força um objeto de alguém. Roubamos o conhecimento do outro ao colarmos na prova. Roubamos a confiança de alguém ao espalharmos um segredo.
A Bíblia diz que roubar é uma característica do inimigo de Deus (João 10:10). Portanto, como filhos do Rei e por Sua graça, temos o privilégio de ser honestos. Que essa seja sua realidade hoje e para sempre!
Inpiração Juvenil