" Ide por todo o mundo e pregai o evangelho
          Marcos 16:15
Jesuseapalavra.com
Copyright©Todos os Direitos Reservados 2007-2018 Jesuseapalavra.com
Marcos 16:15
05 de Julho Quinta-feira
Deus quer seu coração

De nada vale a riqueza no dia da ira divina,mas a retidão livra da morte. Provérbios 11:4

Se você pudesse voltar no tempo e dar uma volta pela cidade de Roma,na Idade Média,veria cenas muito tristes para alguém que crê em Deus.A cidade era a seda da maior igreja da época.O papa morava ali,e toda a cúpula da Igreja também residia por lá.Roma deveria ter sido um lugar em que se respirava santidade,mas não era assim.
Ao caminhar pelas ruas daquela ímpia cidade,você encontraria prostituição,idolatria,bebedeira e muitas outras coisas incompatíveis com a vida cristã.Além de tudo isso,você veria a venda de indulgências acontecendo em todos os lugares.Uma frase comum da época era:"Quando a moeda no cofre cai,uma alma do purgatório sai."Um dos mais famosos vendedores de indulgências na Alemanha era Johan Tetzel.
Uma das técnicas que ele mais gostava de usar era a do terror.Tetzel reunia as pessoas nas praças das cidades por onde passava e pregava um sermão sobre o sforimento eterno e os terrores de ir para o inferno após a morte.Para deixar as pessoas mais impressionadas ainda,ele colocaba a própria mão no fogo para demonstrar ao povo o que é queimar o corpo.Com a mão em carne viva,estendia para o público e dizia:"Se uma queimadura dessa na mão traz tanta dor,imagine o corpo todo queimado pela eternidade."
Tetzel estava duplamente errado.Em primeiro lugar,a Bíblia não ensina a doutrina de um inferno eterno,onde os perdidos queimarão para sempre.As Escrituras também não falam nada a respeito da existência do purgatório.Isso tudo era invenção da Igreja para assustar os fiéis.Em segundo lugar,o inquisitor estava errado por ensinar que,ao dar dinheiro para a Igreja,os pecados da pessoa ou de um parente já morto seriam automaticamente perdoados.
No dia da ira divina,dinheiro,posição eclesiástica,posição social,beleza,boas obras não poderão livar o pecador da condenação do pecado.Nada do que façamos ou deixemos de fazer nos dará a salvação.
Apenas a graça de Deus livrará o homem da morte eterna.Portanto,se você e eu quisermos dar alguma coisa para o Céu que influencie em nossa salvação,devemos entregar nosso coração.É a única coisa que realmente interessa a Deus.

Inpiração Juvenil