" Ide por todo o mundo e pregai o evangelho
          Marcos 16:15
Jesuseapalavra.com
Copyright©Todos os Direitos Reservados 2007-2018 Jesuseapalavra.com
Marcos 16:15
06 de Maio Domingo
Direção

Eu estava à janela da minha casa, olhando entre as cortinas, observando gente inexperiente que passava, e percebi um jovem sem rumo na vida. Provérbios 7: 6, 7, A Mensagem

Uma história surpreendeu o mundo em 2013. Um homem, natural de El Salvador, chamado Ivan foi encontrado nas Ilhas Marshall, no oceano Pacífico, depois de ficar à deriva por 13 meses. O tempo é tão grande que as autoridades locais ficaram céticas em relação à história.
Segundo Ivan, ele e um amigo saíram da costa do México para pescar pequenos tubarões e foram surpreendidos por uma forte tempestade que fez com que o motor do barco parasse de funcionar. Algumas semanas depois, seu amigo faleceu devido a uma doença e à fome. Ivan afirmou que sobreviveu tomando água da chuva e comendo peixes e pássaros.
De modo semelhante, na vida espiritual, há quem também esteja à deriva. Trata-se de gente que não sabe de onde vem nem para onde vai. Pessoas assim vivem no oceano da existência levadas pelos ventos das opiniões alheias e pelas marés do humor e do temperamento. Esses indivíduos são presas fáceis do inimigo de Deus.
Viver sem foco é perder tempo. É muito comum nos distrairmos e esquecermos o que é essencial e o que pode ser deixado para depois. Daniel Goleman, autor do livro Foco: A Atenção e seu Papel Fundamental para o Sucesso, afirma que as redes sociais são grandes responsáveis pela perda de foco na atualidade. Ele disse em uma entrevista à revista Veja: “Hoje, todos nós, não apenas os jovens, nos sentimos invadidos por tecnologias digitais, por smartphones e e-mails. Todos esses recursos degradam nossa capacidade de concentração.”
Essa atitude prejudica o futuro acadêmico de uma pessoa e, também, pode atrapalhar o futuro espiritual. No provérbio de hoje, lemos sobre um jovem que está prestes a cair em uma tentação mortal, e sua principal característica é não saber qual o rumo que a vida está tomando.
Moisés nos deu um exemplo sobre foco espiritual. Quando teve que escolher entre o Egito e Canaã, a Bíblia diz que: “Por amor de Cristo, considerou sua desonra uma riqueza maior do que os tesouros do Egito, porque contemplava a sua recompensa” (Hebreus 11:26). Enquanto o escritor do Pentateuco manteve os olhos no Céu, não perdeu o rumo certo da existência; por isso, escolheu certo.
Se o barco da sua existência está à deriva, Jesus oferece um porto seguro. Com Ele, você navegará apenas por rotas confiáveis e, em breve, atracará no destino eterno.
Inpiração Juvenil