Jesuseapalavra.com
" Ide por todo o mundo
e pregai o evangelho."
                 Marcos 16:15
Copyright©Todos os Direitos Reservados 2007-2017 Jesuseapalavra.com
Jovens
As "panelinhas" na igreja
Postado em 16 de Março de 2017
Imagine algo que não combine com a igreja cristã: "panelinha" (conforme o dicionário Aurélio, é conluio para fins pouco sérios; grupo de políticos que, no poder, procuram obter vantagens individuais; qualquer grupo muito fechado).
Agora, se pudéssemos criar um novo termo (panelão), que traduzisse a atitude dos seguidores de Cristo ao desfrutar a unidade (Jo 17:23), o amor fraternal (1Pe 3:8) e a imparcialidade (Tg 3:17), talvez assim se adequasse melhor a Cristo e à Sua igreja.
Em repúdio às panelinhas, disse o apóstolo Paulo aos gálatas:
"Não pode haver judeu nem grego; escravo nem liberto; nem homem nem mulher, porque todos vós sois um em Cristo Jesus." (Gl 3:28)
A relação de Cristo com Sua igreja pode ser ilustrada pelo eixo e os raios de uma roda de bicicleta: quanto mais perto de Jesus estiverem, mais unidos serão os cristãos.
Quando as "panelinhas" surgem na igreja, causam problemas porque não condizem com ela. A panelinha em si já é uma anomalia, um indicador de que Jesus não está por perto (sem Jesus, o indivíduo está condenado, perdido).
Outro prejuízo das panelinhas é a condenação das pessoas não cristãs, por não se sentirem atraídas ao cristianismo. Disse Ellen G. White:
"Muitos há que olham para vocês, para ver o que a religião pode fazer por vocês." (Filhos e Filhas de Deus, MM 1956, p. 262)
"O apóstolo exorta seus irmãos a manifestar em sua vida o poder da verdade que ele lhes apresentara. Por sua mansidão e bondade, paciência e amor, deviam exemplificar o caráter de Cristo e as bênçãos de Sua salvação. Divisões na igreja desonram a religião de Cristo ante o mundo, e dão ocasião aos inimigos da verdade para justificar seu procedimento". (Testemunhos Seletos, v. 2, p. 80)
A cada momento, devemos convidar Jesus para estar perto de nós, de modo que Sua presença desaconselhe expressões seletivas ou sectaristas, e promova no ambiente de nosso convívio uma atmosfera afetuosa e convidativa.

A jornalista e escritora Fabiana Bertotti também deixa sua posição neste vídeo:
Marcos 16:15