Jesuseapalavra.com
" Ide por todo o mundo
e pregai o evangelho."
                 Marcos 16:15
Copyright©Todos os Direitos Reservados 2007-2017 Jesuseapalavra.com
18 de Março Domingo
O príncipe dos pregadores

Se anuncio o evangelho,não tenho de que me gloriar;pois sobre mim pesa essa obrigação;porque ai de mim se não pregar o evangelho! 1 Coríntios 9:16

Algumas pessoas dizem que a pregação cristã contemporânea (e até mesmo adventista)está em crise.De fato,há muitas distrações retóricas que não levam a uma experiência profunda de conversão a Cristo.Talvez devêssemos redescobrir o real sentido da pregação de grandes oradores como Charles Spurgeon (1834-1892).Conhecido como o "príncipe dos pregadores".Em 18 de março de 1861,ele e sua igreja passaram a se congregar no recém-construído Metropolitan Tabernacle (Tabernáculo Metropolitano),em Londres,onde pregaria por mais de 30 anos.
Em uma palestra intitulada "Sermões sem conteúdo",Spurgeon declarou:"Os sermões devem conter ensinos reais.Sua doutrina deve ser sólida,substancial e abundante.Não subimos ao púlpito apenas para conversar.Temos instruções importantes a transmitir até o último instante e não podemos nos dar ao luxo de proferir belas palavras vazias.A gama de temas é praticametne ilimitada.Logo,não temos desculpa se nossos discursos são desgastados e sem substância.Se falamos como embaixadores de Deus,nunca deveríamos reclamar de falta de assunto,pois nossa mensagem é plena,a ponto de transbordar.O evangelho inteiro deve ser apresetnado no púlpito.A fé completa,entregue aos santos,precisa ser proclamada por nós.A verdade em Jesus necessita ser declarada de forma instrutiva,para que as pessoas não apenas ouçam,mas entendam os alegres sons."
Na mesma paletra,Spurgeon acrescentou:"De tudo que foi dito,gostaria de dizer que esta é a síntese:Meus irmãos,preguem a Cristo,sempre e cada vez mais.Ele é o evangelho completo.Sua pessoa,Seus ofícios e Sua obra devem ser um grande tema abrangente.O mundo ainda necessita ouvir sobre seu Salvador e como alcançá-Lo.[...] Não somos chamados para proclamar filosofia e metafísica,mas o evangelho simples.A queda do ser humano,a necessidade de um novo nascimento,o perdão por intermédio da expiação e a salvação como resultado da fé:esses são nosso machado de guerra e nossas armas de combate."
Spurgeom combinava elementos cognitivos e existenciais.Suas palavras de conselho ainda são muito úteis,não para que você critique outros pregadores,mas para que as leve em consideração sempre que for chamado a abrir a Palavra de Deus aos outros.
Marcos 16:15
Meditação Matinal