" Ide por todo o mundo e pregai o evangelho
          Marcos 16:15
Jesuseapalavra.com
Copyright©Todos os Direitos Reservados 2007-2018 Jesuseapalavra.com
Marcos 16:15
Meditação Matinal
03 de Outubro Quarta-feira
Disputas doutrinárias

Andarão dois juntos,se não houver entre eles acordos? Amós 3:3

Há somente um Deus verdadeiro e Sua Palavra é coerente em todas as Suas expressões (Ef 4:4-6),mas nem todos os cristãos interpretam a Bíblia da mesma forma.Bons cristãos já discordaram por questões doutrinárias e,às vezes,suas disputas acabarm causando divisão.
O reformador alemão Martinho Lutero e o reformador suiço Ulrico Zuíglio não conseguiram concordar em relação ao significado das expressões "isto é o Meu corpo" (Lc 22:19) e "quem comer a Minha carne" (Jo 6:56),relacionadas à Ceia do Senhor.Por isso,em 1529,os ARtigos de Marburgo foram assinados por Lutero,Zuíglio e outros oito pregadores.Eles chegaram a um consenso básico em relação a 14 pontos doutrinários,mas não concordaram a respeito "do verdadeiro corpo e sangue de cristo estarem corporalmente presentes no pão e no vinho" da comunhão.
Ai fim da conferência,Zuígli disse:"Rogo-te doutor Lutero,que perdoes minha amargura.Sempre desejei muito tua amizade e ainda a quero [com lágrimas nos olhos].Não há ninguém na Itália e na França que eu prefira ver."Lutero respondeu friamente:"Rogue a Deus que recebas entendimento."Martin Bucer também abordou Lutero:"Peço-te que me reconheças como irmão,ou crês que estou no erro?"Em resposta,Lutero disse:"Fica claro que não temos o mesmo espírito.Pois não podemos ter o mesmo espírito quando uma parte acredita na Palavra de Cristo com fé inocente,ao passo que,na outra,a mesma fé é cenura,contestada,difamada e violentada com toda sorte de blasfêmia absurda."E esses dois grande grupos da Reforma nunca se reconcialiaram.
Como devemos lidar com nossas diferenças doutrinárias?O teólogo luterano Rupertus Meldenius (1582-1651)sugeriu:"Naquilo que é essencial,unidade;no não essencial,liberdade;em todas as coisas,caridade."Trata-se de um conselho conciliatório muito útil.O problema é saber distinguir entre o "essencial" e o "não essencial".Esse lema pode facilmente ser usado para promover o pluralismo doutrinário.Ao passo que reconhecemos a diversidade de dons e serviços (1Co 12),sempre devemos buscar unidade doutrinária (1Co 1:10).A oração de Cristo para nós é:"Que todos sejam um [...] para que o mundo conheça que Tu Me enviastes" (Jo 17:21,23).