" Ide por todo o mundo e pregai o evangelho
          Marcos 16:15
Jesuseapalavra.com
Copyright©Todos os Direitos Reservados 2007-2018 Jesuseapalavra.com
Marcos 16:15
Meditação Matinal
04 de Maio Sexta-feira
“Minha ilha de Patmos”

Eu, João, irmão vosso e companheiro na tribulação, no reino e na perseverança, em Jesus, achei-me na ilha chamada Patmos, por causa da palavra de Deus e do testemunho de Jesus. Apocalipse 1:9

Você já passou por uma experiência frustrante que acabou se tornando uma verdadeira bênção em sua vida? Já viu o sol brilhar através de nuvens muito escuras? Lembre-se de que alguns de nossos melhores sonhos precisam ser frustrados para que Deus possa nos conceder algo muito melhor e mais recompensador. Foi isso que ocorreu com Martinho Lutero após a famosa Dieta de Worms, em 1521.
Em 18 de abril, Lutero dissera às autoridades que sua consciência era “cativa da Palavra de Deus” e que, por isso, não se retrataria. Oito dias depois, ele e seu grupo começaram a viagem de volta para casa. Frederico, o Sábio, eleitor da Saxônia, sabia das ameaças que o intrépido monge enfrentava e formulou um plano para removê-lo do alcance de seus inimigos. Na noite de 3 de maio, enquanto Lutero passava por um bosque, quatro ou cinco cavaleiros armados atacaram a carruagem e o sequestraram. Primeiro, vestiram-no como cavaleiro, depois o levaram para o castelo de Wartburg, próximo a Eisenach, onde ele chegou, em 4 de maio de 1521. Ali, o reformador foi mantido preso em uma cela, como se fosse um terrível criminoso, até o cabelo e a barba crescerem o suficiente para esconder sua identidade. Ele era chamado pelo apelido de “cavaleiro George” [Junker Jörg].
Lutero permaneceu no castelo de Wartburg por dez meses. Ele o denominava “minha ilha de Patmos”, em alusão ao local em que João escreveu o Apocalipse. Isolado do mundo exterior e distanciado de sua vida ocupada em Wittenberg, o reformador teve muito tempo para produzir materiais que não teria condições de escrever em outro lugar. Em apenas 11 semanas, traduziu o Novo Testamento do grego para o alemão. Ali também escreveu diversos livros. Sem acesso à sua biblioteca, seus escritos ficaram impregnados de um forte sabor bíblico.
De fato, o Senhor é capaz de transformar experiências frustrantes em bênçãos verdadeiras. Na remota ilha de Patmos, o apóstolo João escreveu o Apocalipse. Isolado no castelo de Wartburg, Lutero traduziu o Novo Testamento para o alemão. Enquanto vivia na distante Austrália, Ellen White produziu sua obra clássica O Desejado de Todas as Nações. Nunca duvide do poder de Deus e de Sua guia providencial. Ele é capaz de abençoar e usar você em qualquer lugar em que o colocar!