Jesuseapalavra.com
" Ide por todo o mundo
e pregai o evangelho."
                 Marcos 16:15
Copyright©Todos os Direitos Reservados 2007-2017 Jesuseapalavra.com
Mensagem
Marcos 16:15
“Também estou indo, Senhor!”
Postado em 02 de Março de 2017
“Imediatamente tornou a ver, e seguia-O glorificando a Deus. Também todo o povo, vendo isto, dava louvores a Deus” (Lucas 18:43).
Um mendigo provavelmente ganhava bem a vida junto ao rio Jordão, próximo de Jericó. Ali, as caravanas do Norte e do Oriente cruzavam o rio. Bartimeu havia escolhido cuidadosamente esse local.
O tumulto que se aproximava não soava como uma caravana ou um grupo de peregrinos que se dirigiam à festa em Jerusalém. A resposta às suas perguntas encheu-lhe a vida de esperança. “Jesus de Nazaré está passando”, disseram. Os que acompanhavam o cego mendigo haviam espalhado a notícia acerca do Restaurador da Galiléia.
Mas Bartimeu tinha sua teologia em melhor ordem do que a multidão. Sim, Jesus era de Nazaré, mas Ele era muito mais. As insinuações do reino dos Céus tinham atingido o cego. Jesus estava criando uma comunidade de fé, esperança e alegria na qual o amor reinava.
Enquanto eles diziam “Jesus de Nazaré”, ele disse “Filho de Davi”. Não podia ver nada especial a respeito de Nazaré que o ajudasse, mas se o Rei de Israel estava passando, então isso era uma história diferente.
O primeiro brado de Bartimeu não encontrou resposta. Os que estavam com Jesus tentaram silenciá-lo. O grego nos diz que seu brado se transformou num grito frenético e desesperado. Esse era o seu momento. Não queria ser deixado.
Uma vez curado, a procissão moveu-se para Jericó. Tinha um novo líder. Logo atrás de Jesus vinha Bartimeu, olhando de um lado para o outro, mas voltando sempre os olhos para contemplar a Jesus. Os cânticos e o regozijo que finalmente levaram Jesus a Jerusalém incluíam a exultação do homem que não queria ser deixado para trás.
O tempo criou sua procissão rumo à Nova Jerusalém. Jesus passa neste e naquele momento. Surpreende-nos aparecendo em momentos em que menos se espera. A cavalgada da vida pode dividir-se rapidamente para mostrar-nos Jesus reunindo Seu povo.
Nesta comunhão a alegria se estende a nós. Louvor e ação de graças enchem o ar. O grito desesperado de Bartimeu fala a todos os que verdadeiramente conhecem sua necessidade. “Cura-me, Senhor. Eu também estou indo”.