" Ide por todo o mundo e pregai o evangelho
          Marcos 16:15
Jesuseapalavra.com
Copyright©Todos os Direitos Reservados 2007-2018 Jesuseapalavra.com
Marcos 16:15
Você é um cristão palmeira?
Postado em 01/Março/2018
"O justo florescerá como a palmeira." (Salmos 92:12)

Foi pela contemplação da natureza, enquanto pastoreava os rebanhos de seu pai, que Davi foi levado a fazer essa bela comparação entre o justo e a palmeira. Pela força vital, pela longevidade, pelos abundantes frutos, pela variada utilidade, pelo porte nobre e atraente, a palmeira é um símbolo dos que amam a Deus e andam em Seus caminhos. Eis algumas das qualidades dessa árvore majestosa que ilustram a vida do verdadeiro cristão.
1. A palmeira cresce no deserto
Onde não há chuva ela floresce. Ao seu redor há só areia escaldante, mas sua copa é sempre verde, porque suas raízes se aprofundam em busca da água e do alimento revitalizantes. Assim é o cristão. Vive neste mundo árido. Ao seu redor prolifera toda espécie de males, mas ele floresce e viceja porque busca a seiva de sua vida nas profundezas, nas fontes refrescantes da comunhão com Deus, ocultas aos olhos humanos, mas poderosas e inesgotáveis. A oração e o estudo da Palavra de Deus nos colocam em contato com o manancial da água viva: Deus.
2. A palmeira é de grande utilidade para o homem
Dizem os hindus que ela pode ser utilizada em 360 maneiras diferentes. Sua sombra protege os viajantes cansados. Seu fruto alimenta. Sua presença é sempre motivo de alegria e esperança para as caravanas errantes do deserto. As palmeiras foram os oásis, nos quais há sempre uma fonte a jorrar. Assim é o cristão. Sua presença é uma bênção constante aos que vivem ao seu redor. Ele espalha alegria e esperança aos que estão cansados e desanimados. Ele se transforma em uma fonte de água viva, como afirmou Jesus à mulher samaritana. Mas tudo isso não é originário dele. Ele recebe de sua comunhão com Deus.
3. A palmeira produz frutos
E seus frutos mais saborosos são produzidos dos 30 aos 100 anos de idade. Um só cacho de tamareiras pode pesar até 200 quilos. E a palmeira produz frutos a vida inteira. E em média ela vive mais de 100 anos. Assim, quem está em Cristo também "produz muitos frutos". A Bíblia fala desses frutos como os frutos do Espírito, entre os quais estão o amor, a bondade, a longanimidade, o domínio próprio, a paz e a alegria. Se permanecemos em Cristo, nossa vida inteira pode ser de inspiração e ajuda aos que conosco convivem. "Na velhice ainda darão frutos, serão viçosos e florescentes" (Sl 92:14).
4. A palmeira da tâmara
Quando ferida, ela deixa correr do corte um líquido doce e aromático. Assim é o cristão. Ele paga o mal com o bem. Como Cristo, ele também pode dizer: "Pai, perdoa-lhes porque não sabem o que fazem". Que símbolo mais apropriado poderia haver dos verdadeiros filhos de Deus? No oriente, a palmeira é chamada "árvore abençoada". E realmente assim é. O sertanejo, mais do que outras pessoas, em nossos longínquos sertões, usufruem das virtudes da palmeira. Com seu tronco constroem sua casa. Com suas folhas, a cobrem. Dela tiram a lenha para o fogo, e dos seus cachos, os frutos para o alimento da família e o óleo para iluminar a casa à noite.
Que nós possamos ser assim como as palmeiras. Que cresçamos em beleza, em vigor, em utilidade, em experiência, em frutos, e, como suas copas verdes que contrastam com o azul do céu, possamos nós também subir sempre, em toda nossa vida, em direção a Deus.
Tércio Sarli (via Revista Adventista)
"Como a palmeira no deserto é guia e consolação ao viajante desfalecido, assim deve ser o cristão para o mundo. Deve ele guiar às águas vivas os cansados, tomados de inquietação e prestes a perecer no deserto do pecado. Deve indicar aos semelhantes Aquele que faz a todos o convite: “Se alguém tem sede, que venha a Mim e beba” (João 7:37). Pode o céu ser de bronze, a areia ardente castigar as raízes das palmeiras, amontoando-se-lhe em volta do tronco. Entretanto, a palmeira continua viva, luxuriante e vigorosa. Removei a areia, e descobrireis o segredo de sua vitalidade; as raízes aprofundam-se até a ocultos veios de água no interior da terra. Assim é que se dá com o cristão. Sua vida está escondida com Cristo em Deus. Jesus é para ele uma fonte de água, que salta para a vida eterna. Sua fé, como as pequenas raízes da palmeira, penetra até além das coisas visíveis, tirando vida da Fonte da vida. E em meio a toda a corrupção do mundo, é ele verdadeiro e leal a Deus. Circunda-o a doce influência da justiça de Cristo. Sua influência enobrece e abençoa." (Ellen G. White - Nos Lugares Celestiais, p. 240)
Mensagem