Jesuseapalavra.com
" Ide por todo o mundo
e pregai o evangelho."
                 Marcos 16:15
Copyright©Todos os Direitos Reservados 2007-2017 Jesuseapalavra.com
Revistas
Quebrando o Silêncio
Acabe Agora com isso
    É preciso quebrar o silênciao imposto pelos que abusam de crianças,mulheres e idosos
    Todos os dias,a mídia apresenta o terrível quado de violência,a qual se espalha assutadoramente pelo munod.As manchetes mostram:namorado mantém mulher em cárcere privado,por temer separação;marido ciumento mata mulher com arma de fogo;pais irresponsáveis deixam filhos trancados em casa e saem para beber e se divertir;filhos sem escrupulos deixa a mãe sem alimento e remédio,porque gastou o dinheiro da aposentadoria dela.
    A violência se instaurou no seio das famílias,deixando marcas profundas nas gerações que são o futuro da nação.Crianças,mulheres e idosos são as principais vítimas de uma sociedade doente,sem regras e sem amor.A maioria teme denunciar o agressor por receio de agravar a situação.
    O que fazer?Alguns países têm promulgado leis que favorecem os mais frágeis socialmente.A sociedade precisa diminuir a incidência desse terrível mal.Isso é também um dever moral de cada cidadão.
    Segundo a Organização Mundial da Saude,a violência resonde por aproximadamente 7% de todas as mortes de mulheres entre 15 e 44 anos,em todo o mundo.Em alguns países,até 69% das mulheres relatam terem sido agredidas fisicamente e até 47% declaram que sua primeira relação sexual foi forçada.
    Alcoolismo,estresse na família,desemprego e problemas econômicos são geralmente o estopim da violência contra as crianças,incluindo maus-tratos.
    Uma pesquisa realizada pela Sociedade Mundial de Vitimologia constatou que 23% das mulheres brasileiras estão sujueitas à violência doméstica.O numero foi averiguado a partir da pesquisa de violência doméstica em 138 mil mulheres de 54 países.Dos países pesquisados,o Brasil é o país que mais sofre com a violência doméstica.
    Como um grito de alerta contra o abuso e a violência,diante desse quadro de dor e sofrimento,a Igreja adventista do Sétimo Dia desenvolve anualmente a campanha educativa "Quebrando o Silência",para orientar as vítimas na busca de ajuda dos órgãos competentes,quebrando assim o ciclo da violência.
    Todos precisam abrir os olhos diante dos sinais da violência.Pais,não substimem as mudanÏas de comportamento de seus filhos - eles podem estar gritando por socorro.filhos,prestem atenção a qualquer atitude diferente de seus pais idosos - eles podem estar sendo maltratados por seus cuidadores.Mulheres,falem e,for preciso,gritem,mas não se deixem maltratar por qualquer outra pessoa.Quebrem o silêncio.Denunciem.Isso é um ato de amor para com vocês mesmas.Vocês merecem ser felizes.
    A reação diante desse mal que destrói os lares e a sociedade deve partir de cada cidadão.Que cada leitor desta revista preparada com todo empenho e carinho participe dessa campanha.O grito de socorro vem do íntimo de milhares de vítimas:Acabe agora com isso.
Marcos 16:15